Tabela do Imposto de Renda 2009 e Deduções por dependente

Confira as novas alíquotas nas tabelas abaixo.

Uma simulação disponibilizada pelo Ministério da Fazenda mostra que, pelo sistema anterior de cobrança do IR, uma pessoa que recebe mensalmente R$ 4 mil, pagaria, por mês, R$ 526 de Imposto de Renda. Após as mudanças anunciadas nesta quinta-feira, passará a pagar, por mês, R$ 437, representando um ganho mensal de R$ 89,5 e anual de R$ 1,1 mil – considerando o 13o. salário.

Dedução por dependente na determinação da Base de Cálculo do IRPF.

Fonte: Receita Federal / G1

Anúncios

Salários: especialista em Web 2.0 é valorizado em 2009, diz pesquisa

A atual crise financeira mundial não deve interferir nas vagas e no salário dos profissionais de Tecnologia da Informação no próximo ano, afirma Robert Andrade, analista da empresa de recrutamento especializado Robert Half, que divulgou recentemente sua primeira pesquisa salarial de profissionais de TI realizada no Brasil.Com base em entrevistas com centenas de profissionais do setor, em diversos Estados brasileiros, Andrade aponta como grande tendência de valorização os cargos de desenvolvimento e programação em web 2.0. “Assim como houve grande demanda nos Estados Unidos, a Web 2.0 vai se popularizar muito no Brasil também. A tendência é que o salário desses profissionais aumente junto à procura”, apontou.

Confira abaixo alguns dos salários destacados da pesquisa da Robert Half. Os números são uma média do que ganham os profissionais que atuam de três a cinco anos no mesmo cargo, em regime CLT, e podem variar conforme a região. São consideradas pequenas e médias empresas aquelas que faturam até 500 milhões de reais anuais.

O especialista em recrutamento destaca também os profissionais especializados em sistemas integrados (SAP), cujo salário continua aumentando mesmo após mais de dez anos de existência da ferramenta.

Apesar de afirmar que um profissional de tecnologia norte-americano ganha mais do que um brasileiro, Andrade lembra que o profissional atualizado e, principalmente, com inglês fluente, consegue ‘alavancar’ seu salário. “Os melhores profissionais conseguem atingir e ultrapassar a média. O mercado de TI ainda está aquecido e a previsão de crescimento ainda continua positiva”.

Skype pede desculpas por quebra de privacidade na China

O serviço de mensagens de texto e voz pela internet Skype admitiu nesta quinta (2) estar “extremamente preocupado” com a quebra de privacidade de internautas chineses e acusou sua parceira de operações no país, a TOM Mobile, de alterar o funcionamento do programa.

O pedido de desculpas do Skype foi oficializado depois que o Citizen Lab, grupo de pesquisadores canadenses da Universidade de Toronto, alertou que a China estava espionando usuários do serviço, censurando mensagens de conteúdo político e armazenando-as em servidores.

Segundo o Skype, um filtro de mensagens de texto foi alterado pela operadora do serviço na China. “Pedimos desculpas pela quebra de privacidades nas mensagens nos servidores da TOM na China e estamos urgentemente corrigindo a situação”.

Relatório canadense

Em um relatório de 16 páginas, o Citizen Lab informava que a “TOM-Skype está censurando e armazenando mensagens de bate-papo que contenham palavras-chave específicas”.

Segundo o alerta, assuntos como a independência de Taiwan e oposição ao Partido Comunista na China estavam na lista de conteúdos que poderiam ser monitorados. O Citizen Lab dizia ainda que essas mensagens e outras informações pessoais dos usuários eram armazenadas em servidores públicos sem a segurança necessária.
O relatório foi publicado nesta quarta (1º) no site Information Warfare Monitor, projeto criado pelo Citizen Lab em parceria com o grupo de segurança SecDev.

 

Apple desiste de exigir sigilo a criadores de aplicativos para iPhone

A Apple desistiu de um acordo de sigilo feito com os desenvolvedores de software para o iPhone, que era visto por muitos como um obstáculo para a criação de aplicativos.A mudança anunciada na quarta-feira (1) veio a público uma semana depois da apresentação do primeiro telefone celular que roda o Android, software para portáteis do Google. Essa nova plataforma de código aberto, que será lançada em um telefone chamado G1, permite que os desenvolvedores criem e vendam seus programas sem restrições.

A Apple, em contraste, exigia que os profissionais não divulgassem ou comentassem nem com seus colegas informações relacionadas ao kit de desenvolvimento de software para o iPhone. Recentemente, a companhia também proibiu os programadores que tiveram seus aplicativos rejeitados de divulgar os motivos pelos quais não foram aceitos. Essa iniciativa gerou uma nova onda de críticas sobre o processo de aprovação da Apple, visto por muitos como sigiloso e motivado por caprichos.

A companhia de Steve Jobs defendia, no entanto, que seu acordo de sigilo tinha o objetivo de proteger as inovações da Apple “para que outros não roubassem suas idéias, como já aconteceu”. No entanto, os programadores reclamavam que isso proibia a troca de dicas ou soluções para problemas enfrentados por toda a comunidade. Segundo os desenvolvedores, a troca de experiência ajuda a criar programas de maneira mais rápida e com menos falhas.

Em resposta às críticas, a Apple reconheceu que esse acordo não era bem visto por desenvolvedores e afirmou que não vai mais pedir sigilo em relação aos softwares do iPhone já disponibilizados. No entanto, os programadores que trabalham com novas versões do sistema operacional do telefone multimídia da Apple continuarão proibidos de divulgar o conteúdo

Toshiba revela bateria de notebooks que carrega 90% em 10 minutos

A Toshiba mostrou, nesta terça-feira (30/09), na feira de tecnologia Ceatec, no Japão, um protótipo da bateria SciB (Super Charge Ion Batteries) para notebooks, que carrega 90% de sua capacidade em 10 minutos.

A tecnologia SCiB , além de permitir o veloz carregamento da bateria, durará mais e sobreviverá por mais ciclos que as atuais baterias – entre 5 e 6 mil ciclos, em comparação com 500 ciclos de uma bateria de lítio-íon. Recentemente, a HP revelou um notebook com 24 horas de duração de bateria.

As baterias SCiB são mais seguras – não explodem em caso de impactos, como é possível acontecer com os modelos de lítio-íon. Isto acontece devido ao uso de um material com um nível mais alto de estabilidade térmica e, além disso, a tecnologia SCiB inclui proteção contra problemas de circuito e aquecimento excessivo.

As baterias surgiram no mercado em 2007, tendo as primeiras versões voltadas a aplicações industriais. O modelo ainda não está próximo de ser incluso em notebooks, segundo a Toshiba, que não revelou quando as baterias SCiB chegam ao mercado.

Compare preços de Notebook Toshiba no Buscapé e faça a melhor compra.

Brecha em codificação de HTML permite roubo de dados em serviços

Um problema na codificação de sites, conhecida tecnicamente como “cross-site request forgery”, permite que crackers ataquem portais para acessar dados pessoais de usuários que estejam autenticados online.O portal do jornal New York Times ainda está vulnerável. O YouTube, o portal de blogs MetaFilter e o banco ING Direct corrigiram a falha de codificação.

Em um ensaio acadêmico, os professores William Zeller e Edward Felten disseram que as falhas de CSRF foram ignoradas pelos desenvolvedores por falta de conhecimento sobre a seriedade do problema.

Diversos sites legítimos armazenam informações pessoais do internauta em um cookie ou em um arquivo de dados quando a pessoa se loga no portal.
Estas informações são requisitadas novamente para checagem, como durante o processo de uma compra online, por exemplo.

Durante o ataque de CSRF, um cracker envia esse pedido de checagem para o portal legítimo que – sem saber identificar que se trata de uma fraude – envia os dados pessoais do usuário.

“A causa principal que gerou o CSRF e outras vulnerabilidades está na complexidade dos protocolos de web e da evolução gradual da web como local de apresentação de dados para uma plataforma de serviços interativos,” defende o ensaio.

No portal do The New York Times, o cracker pode conseguir o endereço de e-mail de quem está logado no portal. Esse endereço pode se tornar destinatário de spam.

No dia 24 de setembro, a falha não foi corrigida, apesar dos pesquisadores terem notificado o jornal em setembro de 2007.

O problema no portal do ING foi mais sério. Zeller e Felten escreveram que a falha CSRF permite que uma outra conta corrente seja criada em nome da vítima. Além disso, um cracker poderia transferir o dinheiro para a sua própria conta. Os especialistas afirmam que o ING corrigiu o problema depois de notificado.

No site do MetaFile, a falha permite acesso à senha do usuário. Já no YouTube, um ataque permite adicionar vídeos na lista de favoritos do usuário e mandar mensagens para outros usuários. Nos dois portais, as falhas foram corrigidas segundo os pesquisadores.

Aparentemente, as falhas de CSRF são fáceis de serem achadas e corrigidas. Os autores do estudo indicam os detalhes técnicos para isso no ensaio. Eles também criaram um plug-in adicional para o Firefox para que os usuários se defendam de alguns tipos de ataques CSRF.

Apple incentiva criação universitária para iPhone

A Apple anunciou seu programa iPhone Developer University, que proverá ferramentas de desenvolvimento, teste e depuração de código para universidades interessadas em treinar alunos para a criação de aplicativos para o celular.

O iPhone Developer University abrirá mais as portas da programação de aplicativos não apenas para o portátil iPhone como também para o tocador iPod Touch; as universidades participantes contarão também com um canal para envio de aplicações para distribuição via App Store, noticiou o site MacRumours.

O programa, disponível apenas para instituições de ensino superior nos Estados Unidos, permitirá oficialmente a abordagem do kit de desenvolvimento para o iPhone e já teve a participação da Universidade de Stanford, na Califórnia, confirmada.

Seu primeiro curso se chamará iPhone Application Programming e já possui mais de 80 estudantes registrados: a faculdade anunciou estar trabalhando em um projeto que disponibilizará várias de suas aplicações web para estudantes também no iPhone.

O programa da Apple é gratuito, mas as instituições interessadas passam por uma triagem mediante o preenchimento de uma ficha de interesse. Segundo o site do projeto, acessível pelo endereço tinyurl.com/4r5fxu, o programa apóia a criação de times de desenvolvimento de até 200 estudantes.

Compare preço do IPHONE 3G no buscapé.