Beija-Flor fatura o bicampeonato do carnaval carioca

RIO – A Beija-Flor de Nilópolis é bicampeã do carnaval carioca, mantendo a liderança durante praticamente toda a apuração dos votos nesta quarta-feira e terminando com vantagem de 1,3 ponto. No entanto, a festa pelo título terminou mais cedo na quadra da escola. Na noite desta quarta-feira, grupos de torcedores se envolveram numa briga . A direção da escola decidiu suspender a distribuição de bebidas e a comemoração teve fim antes da meia-noite. três pessoas foram baleadas durante uma confusão do lado de fora da quadra. Uma das vítimas foi o auxiliar de mecânica Luciano de Paula, de 20 anos, contou que foi atingido na perna direita por volta das 22h30m, quando deixava o local. Ele disse que viu quando um homem começou a atirar a esmo. Ele foi levado para o Hospital Juscelino Kubitschek, em Nilópolis, onde foi medicado. Logo depois foi para a 57ª DP (Nilópolis), onde registrou a ocorrência. A direção da escola afirmou que apenas seis pessoas teriam ficado levemente feridas durante a confusão na quadra.

Na seqüência das escolas que voltam a desfilar no Desfile das Campeãs, sábado, estão, respectivamente, Salgueiro , Grande Rio , Portela , Unidos da Tijuca e Imperatriz Leopoldinense .

A Beija-Flor começou lado a lado da Imperatriz, Portela e Salgueiro, que logo caíram no quesito harmonia. A escola de Nilópolis conquistou cinco títulos nos últimos seis anos ( veja fotos das festas nas quadras das escolas ).

A São Clemente começou a apuração na desvantagem de 0.5 décimo devido à falta de tapa-sexo na genitália de um de seus destaques . A escola da Zona Sul ficou em último e caiu para o Grupo de Acesso A. Já a Grande Rio, iniciou a contagem com menos um décimo devido a o oitavo carro que desacoplou ao fim do desfile . Não foi a primeira vez que mulheres nuas geraram polêmicas no carnaval . A Mocidade Independente de Padre Miguel terminou em oitavo lugar, e a Porto da Pedra em 11º. O Império Serrano ganhou no Grupo de Acesso. Caíram Acadêmicos do Cubango e Lins Imperial.

Por um quesito, a Portela chegou a se animar com a possibilidade de vencer depois de 24 anos. A escola de Madureira também não participa de um desfile das campeãs desde 1998 . Em sua quadra, milhares de torcedores comemoravam a alta colocação. A Imperatriz foi outra grande surpresa: nos últimos dois anos a escola havia terminado em nono lugar. A Grande Rio não surpreendeu: desde 2003 a escola fica entre as três primeiras colocadas – exceto em 2004 .

A Vila Isabel foi a mais prejudicada no quesito Harmonia: o jurado Evaldo Santos deu 8.8 pontos, derrubando a agremiação para último lugar. Em seguida, a Vila recuperou algumas colocações. A Viradouro , que prometia ser a sensação do carnaval com sua pista de esqui de 27 metros, ficou em sétimo lugar. Desde que ficou famoso nos carnavais do Rio com o enredo do DNA, é a primeira vez que o carnavalesco Paulo Barros não participa de um desfile das campeãs.

A gente acredita que quem não investir na comunidade não terá caminho longo e a Beija-Flor iniciou esse trabalho na comunidade

Depois de ser alvo de diversas denúncias, a Estação Primeira de Mangueira agonizou assistindo à apuração. A escola não ficava numa colocação tão baixa desde 1994 , quando chegou em 11º com o samba “Atrás da Verde e Rosa só não vai quem já morreu”.

Já a quadra da Beija-Flor estava lotada e milhares de pessoas comemoravam antecipadamente a vitória da bicampeã.

Laíla, coordenador de carnaval da Beija-Flor, acredita que o segredo da escola de Nilópolis é o investimento na comunidade.

– Se Deus quiser ano que vem tentaremos fazer melhor. Acho que isso aqui é o espelho do carnaval carioca. A gente acredita que quem não investir na comunidade não terá caminho longo e a Beija-Flor iniciou esse trabalho na comunidade. Estamos muitos feliazes – disse ele, em entrevista à TV Globo.

Mestre Paulinho, que ganhou quatro notas 10 para a Beija-Flor, comemorou muito o título e agradeceu ao cantor Roberto Carlos, que torce para a escola de Nilópolis.

– Ano passado eu me sacrifiquei por causa da harmonia, mas esse ano papai do céu nos ajudou. Eu quero mandar um recado para o rei Roberto Carlos, que é o rei Midas. Ele tocou em mim e nós somos bicampeões! – comemora mestre Paulinho.

O mestre-sala do Salgueiro, Ronaldinho, disse que o vice-campeonato da escola será comemorado como fosse um título.

Todo mundo quer ganhar, mas cabeça de jurado ninguém sabe como é

– Para a gente, é um carnaval inesquecível. Toda a escola sabia que estava na briga pelo título, já que o carnaval foi muito igual entre as escolas.

Ronaldinho dedicou o resultado ao presidente da escola, Luiz Augusto Duran, que está doente.

Ele preferiu não falar sobre as notas que recebeu: 9,9 de dois julgadores:

– Vou falar só depois de ler a justificativa.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: